Textos de saudade

> Textos de saudade



Encontrados 485 pensamentos de textos de saudade

Tanta Saudade

Eu nunca fui do tipo que se apaixonava assim
Eu não sabia que o amor mandava tanto em mim
Eu não pensava que eu seria o sonho de alguém
Agora em meu coração falta o seu amor
Falta essa paixão

O mundo caiu no instante em que eu me vi sem você
Eu não me toquei
Eu só acreditei que o amor fosse fácil de se esquecer
Eu errei... eu tenho tanta saudade...

Sinto falta de você dizendo que eu te fiz feliz
Eu tô colhendo a tempestade que eu mesma fiz
Será que um dia desses vou te encontrar
Só pra te dizer que foi com você
Que aprendi a amar

O mundo caiu no instante em que eu me vi sem você
Eu não me toquei
Eu só acreditei que o amor fosse fácil de se esquecer
Eu errei... eu tenho tanta saudade...

O mundo caiu no instante em que eu me vi sem você
Eu não me toquei
Eu só acreditei que o amor fosse fácil de se esquecer
Eu errei... eu tenho tanta saudade...
Eu tenho tanta saudade...

Wanessa Camargo - Tanta Saudade

A UM AUSENTE

Tenho razão de sentir saudade,
tenho razão de te acusar.
Houve um pacto implícito que rompeste
e sem te despedires foste embora.
Detonaste o pacto.
Detonaste a vida geral, a comum aquiescência
de viver e explorar os rumos de obscuridade
sem prazo sem consulta sem provocação
até o limite das folhas caídas na hora de cair.

Antecipaste a hora.
Teu ponteiro enlouqueceu, enlouquecendo nossas horas.
Que poderias ter feito de mais grave
do que o ato sem continuação, o ato em si,
o ato que não ousamos nem sabemos ousar
porque depois dele não há nada?

Tenho razão para sentir saudade de ti,
de nossa convivência em falas camaradas,
simples apertar de mãos, nem isso, voz
modulando sílabas conhecidas e banais
que eram sempre certeza e segurança.

Sim, tenho saudades.
Sim, acuso-te porque fizeste
o não previsto nas leis da amizade e da natureza
nem nos deixaste sequer o direito de indagar
porque o fizeste, porque te foste

Carlos Drummond de Andrade

AMOR E ÓDIO
SAUDADE E SILIDÃO
MORTE E VIDA...
...SONHO E ILUSÃO...
SIMPLES PALAVRAS, FORTES EXPRESSÕES.
CAPAZES DE ENLOUQUECER E ENFEITIÇAR,
DESTRUIR E ANIMAR;
ALGO SIMPLES,
MAS,
SÓ QUEM AMOU
É CAPAZ DE EXPLICAR.
- EU SEI JÁ VIVI E SOFRI, MAS NÃO DEIXO DE AMAR.

Armando Batista Fernandes Junior

De: DEUS
Para: Você

Saudade. Essa é a palavra que ME vem à cabeça. Diante de sua escolha inexplicável em ME deixar, EU apenas digo: filho, saudades. TENHO saudades dos tempos em que você estava sempre ao MEU lado, em cada tempestade, buscava auxilio nos MEUS ombros, mas agora, entristeço-ME por tua distancia. Você preferiu as delicias passageiras do mundo, que trazem alegrias temporárias, e ao passar, sua vida retorna novamente para o vazio profundo, que maltrata teu coração. Por que preferir os prazeres mundanos ao invés do MEU amor, da MINHA paz?
Filho, EU te conheço como ninguém. SEI o que teu coração necessita. Não destrua por completo tua vida, busque a MIM enquanto você pode achar, pois os dias são imprevisíveis. Hoje você está aqui, mas amanhã pode não mais acordar.
EU também sei que te escondes atrás de coisas indevidas, faz atos que depois se arrepende, mas não entendo, sempre volta para o mesmo erro. Diz que nunca mais fará tais tristezas, porém, acaba caindo nas tentações. Sabe por que, porque você precisa de MIM; precisa está perto da luz para que comece a enxergar o verdadeiro caminho, precisa aprender a entender essencialmente o poder da fé. “Jamais serás um grande homem, se não tiver uma grande luz”. Não deixe sua vida tronar-se em vão. SEI que tens feito coisas ruins aos MEUS olhos, tens pecado constantemente, tens sido um filho infiel, renegando a morte da cruz em teu lugar, porém, meu filho, EU sempre te amarei. Não importa o que você tens feito, ou deixou de fazer. Não importa se você deixou de andar nos meus caminhos, nem mesmo se esqueceu de como era maravilhoso está ao MEU lado. Não importa nada disso que aparentemente ME levasse a tomar decisões tristes. Pelo contrário, continuo te amando do mesmo jeito. Continuo te chamando de meu filho, sempre desejei o teu retorno à minha casa. Não deixe ser em vão a vida que te concedi.
Sei que às vezes você pensa em MIM, até lembra como as coisas eram bem melhores ao MEU lado, mas já está acostumada em deixar de ler a bíblia, em esquecer-se de ME buscar em oração, vivendo apenas de prazeres, e fazendo as coisas como assim acredita ser o certo. Entretanto, nunca esqueça que sempre TE amarei do mesmo jeito, o mesmo amor do principio. Você precisa acordar e ver a realidade, percebendo que nada dessas coisas prazerosas do mundo lhe darão a verdadeira felicidade. Só em MEUS braços e nos meus caminhos você entenderá o sentido da vida. Te amo filho, jamais esqueça isso. Estarei te esperando, ansiosamente. Não deixe a decisão ser tomada muito tarde. Você é especial, venha aos meus braços, estarei te esperando, e sei que essa carta vai tocar teu coração, por onde você for, vai lembrar-se da carta que EU te enviei, sim filho, fui eu quem te enviou essa carta. Nunca esqueça que te amo e te quero nos meus caminhos, porque você sempre será o meu filho.

amor

"DEFINIÇÕES

Saudade é quando o momento tenta fugir da lembrança para acontecer de novo e não consegue.

Lembrança é quando, mesmo sem autorização, seu pensamento reapresenta
um capítulo.

Angústia é um nó muito apertado bem no meio do sossego.

Preocupação é uma cola que não deixa o que ainda não aconteceu sair de seu pensamento.

Indecisão é quando você sabe muito bem o que quer mas acha que devia querer outra coisa.

Certeza é quando a idéia cansa de procurar e pára.

Intuição é quando seu coração dá um pulinho no futuro e volta rápido.

Pressentimento é quando passa em você o trailer de um filme que pode ser que nem exista.

Vergonha é um pano preto que você quer pra se cobrir naquela hora.

Ansiedade é quando sempre faltam muitos minutos para o que quer que seja.

Interesse é um ponto de exclamação ou de interrogação no final do sentimento.

Sentimento é a língua que o coração usa quando precisa mandar algum recado.

Raiva é quando o cachorro que mora em você mostra os dentes.

Tristeza é uma mão gigante que aperta seu coração.

Felicidade é um agora que não tem pressa nenhuma.

Amizade é quando você não faz questão de você e se empresta pros outros.

Culpa é quando você cisma que podia ter feito diferente mas, geralmente, não podia.

Lucidez é um acesso de loucura ao contrário.

Razão é quando o cuidado aproveita que a emoção está dormindo e assume o mandato.

Vontade é um desejo que cisma que você é a casa dele.

Paixão é quando apesar da palavra ¨perigo¨ o desejo chega e entra.

Amor é quando a paixão não tem outro compromisso marcado.
Não... Amor é um exagero... também não.
Um dilúvio, um mundaréu, uma insanidade, um destempero, um despropósito, um descontrole, uma necessidade, um desapego?

Talvez porque não tenha sentido, talvez porque não tenha explicação,
Esse negócio de amor, não sei explicar".

Enquanto Dure,O Carinho,Seja Seu,o Meu Amor...!!!Te Amo.!
Até Mais Tarde...Te Amo...!!!Até Mais Tarde...Te amo..!!!

Mário Prata

"Não tenho doença, não tenho dores, não tenho saudade de nada nem de ninguém. Não tenho ódio, não tenho amor, nunca fui apaixonada.
Sou livre. Não tem outra igual a mim! Ninguém tem mais moral do que eu".

Dercy Gonçalves

"Porque eu sinto saudade
Não sei do que, nem de quando.
Talvez até saiba, talvez só não queira admitir.
Mas talvez eu não queira mesmo é sentir saudade,
só queria deixar de senti-la, agora que já não sinto quase nada!"

Nadia Giacomazzi

"O BAILE da [email protected]"

Os anos passam... As lembranças são eternas, A saudade permanente e nossos olhos em busca de cenas de tempos vividos. Os anos passam... Vivemos lições de vida, aprendemos a vasculhar nas nossas recordações do coração e a acariciar lindos momentos que se foram para não mais voltar Os anos passam...

Crescemos na alma, mas sempre seremos frágeis no amor Os anos passam... muitos virão ou quem sabe... nossa estada nesta vida seja curta nada sabemos do amanhã... nem quando vamos...

Os anos continuam a desfilar na passarela do aprendizado e nós protagonistas da vida, enfrentamos os momentos que nos fazem infelizes e nos deliciamos com os felizes!

Resumimos que a vida é um grande baile em que almas se encontram, se esbarram, se unem e se separam... Cada qual bailando nos conflitos, nas esperanças e nas suavidades de momentos de amor De todos os anos que se foram, concluo que viver...

É ser cada qual, em sua essência adquirida. Com todas as adversidades, com as lágrimas derramadas, ainda assim, a alegria de viver é o maior presente embrulhado em papéis de brilhos de momentos...

Relembrar é viver um pouco mais Viva a sua vida pois ela é curta. Valorize e ame a você mesmo pois ninguém mais que você, te conhece. E não se esqueça... Ninguém lembrará o que fez de bem Mas, ... Todos lembrarão dos seus erros.

Autor Desconhecido

"Tomara
Que a tristeza te convença
Que a saudade não compensa
E que a ausência não dá paz
E o verdadeiro amor de quem se ama
Tece a mesma antiga trama
Que não se desfaz

E a coisa mais divina
Que há no mundo
É viver cada segundo
Como nunca mais..."
Como Eu Quero Viver com Você....o Verdadeiro Amor..que Não Se Desfaz .....!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Vinícius de Moraes

...saudade...

“Tenho tanta saudade de você”... Do seu perfume, do seu rosto, da sua pele, do seu sorriso, do jeito de implicar comigo, do jeito de me olhar de sorrir de me provocar...
A saudade é grande e me faz pensar, quanto tempo?Vou ter que agüentar longe de você... Será que é para sempre. Passageiro...??? O que será??? Eu não sei. Nem sei como vou suportar isso... Porque só penso em você todas as horas do meu dia, ao levantar, ao deitar, ao chorar, ao sorrir, eu só penso em você. Quero está ao seu lado, te abraçar, te beijar, te acariciar, te fazer sorrir, te amar... Penso em você e sinto um arrepio uma vontade de te ver... Que se seguisse meus impulsos iriam te buscar onde estivesse... Mais o medo, esse medo me consome, me enfraquece, me deixa fraca... Peço a Deus um sinal, só um... Para poder enfrentar esse medo, para poder deixar de ser fraca, para ser valente e buscar por ti, Só um sinal... Só um...
I LOVE YOU

Girllene Valério

A minha saudade...

A saudade de teu corpo
me arrasta pela noite
acordada numa insônia sem fim...
A saudade de teus beijos
machuca minha boca solitária
seca a espera de tua água...
A saudade de tuas mãos
a me vasculhar os mínimos lugares
perturba-me a ponto de procura-las...
A saudade de tua lingua
faz me delirar e recordar
o doce passar dela em mim...
A saudade de você
está me fazendo chamar-te
nos sonhos que tenho
quando, sozinha comigo
gozo...
A saudade vai me matar...
Saudade de você...
De seu corpo no meu...
De sua boca na minha...
De sua língua em mim...
De seus dedos nas minhas mãos...
De nossos olhos um no outro...
De nossos gozos molhados...
A saudade de você dói demais...
Sinto tua falta...
Quero tua voz no meu ouvido,
tua boca na minha me mordendo,
teu corpo no meu me satisfazendo...
Quero a saudade de você,
com você em mim
me penetrando e sussurrando
como senti também, SAUDADE DE VOCÊ...

Ivete Barros, 09 de janeiro de 2008, 07hs e 44 min.

Ivete Barros 09 de janeiro de 2008 07hs e 44 min.

A Carta
Escrevo-te estas mal traçadas linhas, meu amor
Porque veio a saudade visitar meu coração
Espero que desculpes os meus erros por favor
Nas frases desta carta
que é uma prova de afeição
Talvez tu não a leias mas quem sabe até darás
Resposta imediata me chamando de meu bem
Porém o que me importa
é confessar-te uma vez mais
Não sei amar na vida mais ninguém

Tanto tempo faz,
que li no teu olhar
A vida cor-de-rosa que eu sonhava
E guardo a impressão
de que já vi passar
Um ano sem te ver,
um ano sem te amar
Ao me apaixonar,
por ti não reparei
Que tu tivestes só entusiasmo
E para terminar, amor assinarei
Do sempre, sempre teu...

Renato Russo

A COR DA SAUDADE

Era uma vez uma menina que tinha um pássaro encantado.
Ele era encantado por duas razões:
Não vivia em gaiolas, vivia solto,
Vinha quando queria, quando sentia saudades...
E sempre que voltava, suas penas tinham cores diferentes,
As cores dos lugares por onde tinha voado.

Certa vez voltou com penas
Imaculadamente brancas, e contou histórias de montanhas
cobertas de neve.
Outra vez, suas penas estavam vermelhas, e contou histórias de desertos incendiados Pelo sol.

Era grande a felicidade quando eles Estavam juntos.
Mas, sempre chegava a hora do pássaro Partir...
A menina chorava e implorava:
- Por favor, não vá.
Terei saudades, vou chorar.

- Eu também terei saudades - dizia o Pássaro - mas vou lhe contar um segredo! Eu só sou encantado por causa da Saudade. É ela que faz com que minhas Penas fiquem bonitas...
Senão você deixará de me amar.
E partiu.

A menina, sozinha, chorava.
Uma certa noite ela teve uma idéia: e se o Pássaro não partir?
Seremos felizes para sempre! Para ele Ficar, basta que eu o prenda numa gaiola.
E assim fez.

A menina comprou uma gaiola de prata,
A mais linda que ela encontrou.
Quando o pássaro voltou, eles se Abraçaram, ele contou histórias e Adormeceu.
A menina aproveitou o seu sono e o Engaiolou.
Quando o pássaro acordou deu um grito
De dor.
- Ah ! O que você fez? Quebrou o encanto. Minhas penas ficarão feias e eu me Esquecerei das histórias.
Sem a saudade, o amor irá embora...

A menina não acreditou...
Achou que ele se acostumaria.
Mas, não foi isso o que aconteceu.
Caíram as plumas e as penas Transformaram-se em um cinzento triste.
Não era mais aquele o pássaro que ela Tanto amava...
Até que ela não mais agüentou e abriu a Porta da gaiola.
- Pode ir, pássaro -
Volte quando você quiser...
- Obrigado - disse o pássaro - irei e voltarei Quando ficar encantado de novo.
Você sabe, ficarei encantado de novo Quando a saudade voltar dentro de mim
E dentro de você.

Quantas vezes aprisionamos a quem Amamos, pensando que estamos fazendo o melhor?
Pense. Deixar livre é uma forma singela
de ver, ter...
Direcione o seu amor não para a prisão e sim para a conquista, sempre.
Fênix

Fênix Faustine

A COR DA SAUDADE!
Era uma vez uma menina que tinha um pássaro encantado.
Ele era encantado por duas razões:
Não vivia em gaiolas, vivia solto,
Vinha quando queria, quando sentia saudades...
E sempre que voltava, suas penas tinham cores diferentes,
As cores dos lugares por onde tinha voado.
Certa vez voltou com penas
Imaculadamente brancas,e contou histórias de montanhas
cobertas de neve.
Outra vez, suas penas estavam vermelhas,
e contou histórias de desertos incendiados Pelo sol.
Era grande a felicidade quando eles Estavam juntos.
Mas, sempre chegava a hora do pássaro Partir...
A menina chorava e implorava:
- Por favor, não vá.
Terei saudades, vou chorar.
- Eu também terei saudades - dizia o Pássaro - mas vou lhe contar um segredo!
Eu só sou encantado por causa da Saudade.
É ela que faz com que minhas Penas fiquem bonitas...
Senão você deixará de me amar.
E partiu.
A menina,sozinha,chorava.
Uma certa noite ela teve uma idéia:
E se o Pássaro não partir?
Seremos felizes para sempre!
Para ele Ficar, basta que eu o prenda numa gaiola.
E assim fez.
A menina comprou uma gaiola de prata.
A mais linda que ela encontrou.
Quando o pássaro voltou,eles se abraçaram,
ele contou histórias e adormeceu.
A menina aproveitou o seu sono e o engaiolou.
Quando o pássaro acordou deu um grito!
De dor.
- Ah ! O que você fez? Quebrou o encanto.
Minhas penas ficarão feias e eu me esquecerei das histórias.
Sem a saudade, o amor irá embora...
A menina não acreditou...
Achou que ele se acostumaria.
Mas, não foi isso o que aconteceu.
Caíram as plumas e as penas,
transformaram-se em um cinzento triste.
Não era mais aquele o pássaro que ela Tanto amava...
Até que ela não mais agüentou e abriu a Porta da gaiola.
- Pode ir, pássaro -
Volte quando você quiser...
- Obrigado - disse o pássaro - irei e voltarei...
Quando ficar encantado de novo.
Você sabe, ficarei encantado de novo,
quando a saudade voltar dentro de mim.
E dentro de você.
Quantas vezes aprisionamos a quem Amamos,
pensando que estamos fazendo o melhor?
Pense...
Deixar livre é uma forma singela
de ver, ter...
Direcione o seu amor não para a prisão e sim para a conquista, sempre.

Blandinne

A felicidade bateu em minha porta
vacilei nao quis abrir
pensei que fosse a saudade
que vinha me perseguir
bateu de novo
com foça mais depois nao ensistiu
desceu as escadas em silencio para sempre partiu
partiu deixando essas palavras fatais:
EU SOU A FELICIDADE E NAO VOLTO NUNCA MAIS!!!!

Autor Desconhecido

A melhor prova de amor?-A saudade...
O sentimento mais ruim?-O rancor...
A maior riqueza?-A amizade...
A coisa mais bela de todas?-O amor...;

O q me deixa feliz?-Teu sorriso...
O maior remedio ?-A legria...
A raiz de todos os males?-Egoísmo...
A sensação mais grata?-Sua compania...;

A coisa mais difícil?-Te esquecer...
O presente mais belo?-Teu coração...
O mais fácil?-Se apaixonar por vc...;

Pior q qualquer castigo?-A solidão...
Vc ?-minha razão de viver...
Minha fonte de inspiração.

gidelmo f. s.

A pessoa que inventou a distancia nao sabia a dor da saudade.
é dificil dizer adeus quando se quer ficar, e dificil sorrir quando se quer chorar, e ainda é mais dificil estar longe de algeum que tanto se ama.

Meliva

A saudade com certeza machuca, na verdade faz doer, ela não vem do nada, vem de você...
Dizem que ela não tem nome, mas encontrei alguns que definem bem, este sentimento, que neste momento eu chamo de tormento...
Uma delas foi vontade. Sim, vontade de tê-la ao meu lado,
O outro foi à razão, que insistiu em dizer sobre distância, mas com esta polêmica fiquei com a esperança...
O medo apareceu, perguntei a ele do que se tratava, ele lembrou da saudade, mas o medo, cá entre nós, não pertence aos que amam...
Veio à desilusão, não teve segredo, e muito menos medo, pra esta tal desilusão encontrei a paixão, não tão longe, perto de meu coração...
Dentre todos o que me chamou atenção foi o AMOR. Ele veio tímido, não me falou a que veio, nem como me conheceu, me fortaleceu. Disse a ele: “Amor, eu procuro por uma dama, uma linda mulher”. Doe demais o silêncio, à distância, as incertezas.
Ele olhou nos meus olhos e disse: As borboletas virão, as rosas se abrirão, a lua vai refletir sua luz, o sol vai brilhar, a chuva vai cair, e outra vez o sol surgir.
Eu preocupado comecei a refletir, e com certeza entendi, que o medo e o amor, são sentimentos distintos, onde os mitos se confundem com a realidade.
Mas na verdade eu realmente compreendi que o AMOR, supera a distância, a ausência, as incertezas; ele está além do infinito com sua grandeza, é uma surpresa agradável, que só desfrutam aqueles que o buscam e o recebem de braços abertos.
Eu sou o amor, eu sou a verdade, puro e sem vaidade, que quebra as barreiras, que dá força e coragem, que é uma fortaleza de emoções puras e belas, não aquelas, mas estas que estamos vivendo.
NÃO SE ESQUEÇA, O AMOR, É MEU, ELE É SEU, ELE É NOSSO....

cristiano de freitas souza

A Saudade é uma ferramenta do amor e da amizade,
ela age como um dispositivo que não nos permite
estar muito tempo longe, ou ter notícias dos que amamos.
A saudade é um sentimento especial e amável, é nela
que se encontra a medida do amar, pois sem ela
ficaría-mos sem saber o tamanho do nosso amor!!

paulo master

A saudade invade nossas vidas deixando um rastro de dor que nos deixa derrotados, mas como o amanhecer, vem você e enche meu ser de felicidade e amor...
A saudade é assim, um sentimento repentino que agradeço a Deus por senti-lo e torna-lo rápido pois não agüentaria ficar muito tempo longe de você.
Guilherme Augusto

Guilherme Augusto

A SAUDADE QUE SINTO DE VOCÊ
Saudade é o q sinto de você,dói muito mais é bom lembrar dos momentos alegres que passei ao seu lado como eu queria que esses momentos voltassem por apenas 5min eu já mataria essa saudade mas ao mesmo tempo depois que passase esses 5min ela voltaria a sufocar por isso fecho os olhos e me lembro como agora o quanto era bom estar ao seu lado e choro só em pensar que posso não te ver mais então começo a orar e peço aos anjos que te proteja de todo mal e peço para que seja muito feliz pois apesar de tudo EU TE AMO e não suportaria saber que estar triste ...
...Saudade!Porque me sufoca?Porque não me deixa em paz?...
...Mais eu sei pq ...
...Simplesmente porque EU TE AMO e TE AMO tanto que nem eu sei lhe dizer
“Pois amar é muito mas sentir do q falar”

MARIA YDAIANNE MEDEIROS OLIVEIRA

A saudade, sentimento que impera entre as pessoas.
Sentimos saudades de centenas de coisas, seja da infância, do primeiro amor, do sorriso de um amigo, do primeiro beijjo.....da primeira vez....Sentimos saudades das pessoas que passaram em nossa vida seja por uma hora ou por dias.
Sentimos um saudosismo das pessoas que amamos e por algum motivo foi levada da nossa vida de uma forma tão brusca e inesperada que as lembranças sempre nos levam a imaginar como seria se elas estivessem conosco curtindo nossas vitórias e dando força para nossas perdas ou das pessoas que dizemos que odiamos, mas no fundo do fundo as amamos.
É pessoal a saudade é mesmo um sentimento único....Sempre que escuto uma musica lembro de algo, seja engraçado, critico, amoroso, triste ou magoado.
Sempre que vejo uma exposição sinto a arte e me lembro dos quadros que pintei na minha vida, das paisagens que me inclui e das cerimônias que um dia fingi ter vivido.
Sempre que leio uma poesia....me recordo dos livros que escrevi, das dores e amores que um dia perdi....me entrego de corpo e alma...me rasgo em pedaços cortando-me com essas lembranças e quando percebo estou de volta a vida mostrando que as lembranças sempre existiram.
Mas uma coisa é certa nossas lembranças sempre vêm como um filme....Quando passamos por aquele lugar especial.....Aquela rua onde passávamos dezenas de vezes, onde já brigamos e nos reconciliamos nossa mente reconstituí a cena, leva o pensamento longe, faz com que você flutue...vá de uma ponta a outra do mundo em questão de milésimos de segundos e você sente como se estivesse sendo alimentado...Alimentado de sonhos e acontecimentos.
A saudade é isso uma enxurrada de sentimentos, uma vontade louca de voltar no tempo e viver cada segundinho como se fosse eterno...Ter a situação de volta e errar novamente.... risosss....ou quem sabe fazer diferente!!!!!
É por isso que lhe digo meu amigo, viva o que tiver que viver como se fosse o último dia do mundo, fale o que tiver que falar como se sua voz fosse acabar e ame como não houvesse o amanhã para acordar....por que o que fica são as lembranças e a saudades do: EU VIVI !!!!

Mariana Nascimento

Alguém sabe o que é o amor?
Do tipo daquele que deixa saudade mas que é para toda a eternidade,
Aquele que não têm descrição mas toma conta do nosso coração,
o que é o nosso caminho, a cada esquina, a cada passo,
que é o nosso princípio, meio e fim,
a cada amanhecer um sorriso,
a cada entardecer um suspiro,
ao anoitecer um recomeço?
Não...na realidade um AMOR de verdade não têm descrição...ele simplesmente acontece!

Ana Margarida Amorim

AMIGAS

Eu tenho saudade de todas as amigas que já tive na vida, mesmo aquelas que me machucaram. E tenho saudades de mim mesma quando lembro de alguma amiga que perdi.
Aquela amiga desbocada que só fala palavrão e se mete em encrenca, mas faz você rir muito.
Tem também aquelas que vêm e somem, mas parecem sempre as mesmas.
Aquela pra quem você conta absolutamente tudo, e sente que foi entendida, e sai aliviada.
Aquela que te dá broncas e manda você parar de roer as unhas.
Aquela que não tem vergonha de dizer que te ama.
Aquela que apresenta os melhores caras.
Aquela que passa com você o momento mais difícil da sua vida.
Aquela que liga todo dia.
Aquela que desistiu de um cara porque sabia que você estava a fim.
E aquela que roubou seu namorado.
Aquela que abraçou em silêncio e sentiu você chorar, e aquela que virou as costas quando você mais precisou.
Aquela que faz tudo que você pede e aquela egoísta.
Aquela que ouve quando você está apaixonada e passa horas falando do mesmo assunto.
Aquela que entende quando você a deixou pra ficar com seu namorado.
E aquela outra que exige a sua atenção.
Aquela que também apóia as suas loucuras.
E a outra que reprime você em quase tudo.
Aquela que só liga no dia do seu aniversário, e que mesmo assim você adora.
Aquela que te indica ginecologista.
Aquela que parece sua mãe, e vive pra te dar conselho. A mãe da sua afilhada. A madrinha da sua filha.
Aquela de quem você sente muito ciúme.
Aquela que você invejou secretamente.
Tem também aquela por quem você sente um carinho enorme desde a primeira vez que viu.
Aquela que você odiou no começo, mas depois passou a amar, e aquela que decepcionou horrores.
Aquela que escreve e manda poesias, e sempre na hora certa, na hora em que você mais precisava.
Aquela que te empresta apartamento pra você passar o feriadão.
Aquela que pede a Deus por você quando ora.
Aquela que você conheceu pela Internet e que se tornou uma amigona do coração, e com quem você fica horas digitando.
Aquela que você magoou porque trocou ela por outra que não valia nada.
Aquela que te deu o conselho certo, que você não ouviu. E aquela que você conheceu no ônibus, ou na fila de cinema.
Aquela que voltava com você da faculdade.
Aquela que abraçou no velório de alguém querido seu.
Aquela que trabalha com você todos os dias, com quem você divide trabalho e confidências.
Aquela que te avisa cochichando que a sua calça está manchada ou que o botão da sua blusa está aberto, ou que tem batom no seu dente.
Aquela que presenciou o maior mico, segura seu braço quando você tropeça ou quando vai atravessar a rua sem olhar.
Aquela que leu o trabalho que você precisava entregar e deu dicas pra melhorá-lo.
Aquela que irrita, mas que você não imagina a vida sem ela.
Aquela de quem você sente saudades, mas por alguma razão obscura, nunca arruma tempo pra ligar.
Aquela que organiza uma festa surpresa pra você.
Aquela que defende você de tudo e de todos.
Aquela que paga coisas pra você quando você está sem grana.
Aquela que sempre traz um presentinho.
Aquela que liga pra casa do seu namorado pra saber se ele está vivo quando ele acha de sumir e você quase enlouquece.
Aquela que chora a sua dor.
Aquela que te deu a dica que te fez mudar de emprego e, por conseqüência, mudar a sua vida.
Aquela que tem uma mãe boazinha que você às vezes queria que fosse sua.
Aquela problemática, ou aquela esnobe.
Aquela de quem você arrumou o véu antes de ela entrar na igreja pra se casar.
Aquela que era a mais chegada, mas sumiu e você nunca mais soube. E aquela que é uma irmã pra você.
E tem também a melhor amiga. Aquela. Que é simplesmente aquela.

Autor Desconhecido

Amigo, persigo o tempo
Nem sempre consigo
O tempo perdido
Jamais se retorna.
Entorna a saudade
De tudo que tive
Da terra onde estive
Saudade que vive
No peito que chora.
A dor se decora
Das cores do nada
As dores sem nada
A cada momento
Tormento e termômetro
Da falta de amor.

Amores que sabes
Não cabem na vida
Que tanto curtida
Não sabe amar
Nem pode esperar
O tempo que passa
Esvai em fumaça
E traça um destino
Em meu desatino
Diz tino e não tato
O fato é que quero
Há tanto que espero
E nada de amor.
Somente o não
Sementes no chão
Morrendo em grão,
Aborto de sonho
Ao qual me propus
Meu barco, onde pus
Um cais abortado.

Bem sei que essas queixas
Por faltar madeixas
Não deixas florir.
Em braços mais fortes
Amigo, essas sortes
Não vão resistir.

Agradeço,querido
Se trazes sentido
E rumo a meu rumo
Que sem seu aprumo
Desaba em tristeza
E sempre me assombro
Poder de teu ombro
Sem nada querer
Ajuda a vencer
As curvas da vida
Nas turvas ribeiras
Que formam esteiras
Onde costumo deitar.
Amigo, agora
A vida lá fora
A dor evapora
Agora é nossa hora
De novo sair.

larissa


Contato Politica de Privacidade Datas Comemorativas Facebook Twitter Google+