Charles Chaplin sobre a vida

> Charles Chaplin sobre a vida



Encontrados 5761 pensamentos de Charles Chaplin sobre a vida

A vida é...
- Só se descreve algo, após ter total conhecimento sobre.
Então como conseguiram descrever aquilo que ainda há muito de se aprender ? Ainda por cima com tamanha convicção ?

A vida é...
Quem sou eu para terminar essa frase.
- Talvez já esteja completa.

Observador

A vida não dá coisa alguma sem retribuição e sobre cada coisa concedida pelo destino, há secretamente um preço, que cedo ou tarde deverá ser pago.

Stefan Zweig

Ao amor da minha vida Luana!!!!

Meu amor, gostaria de poder escrever lindas palavras sobre meu amor por você, mais quando se fala em amor, vem você na minha cabeça, e não tem jeito de pensar em outra coisa a não ser ficar junto com você , beijar essa boca macia e suave, e quando estou contigo meu amor os minutos parecem ser eternos, cada momento ao seu lado é pra mim um sonho,um sonho que jamais quero acordar,e o melhor nesse nosso namoro é ser correspondido a altura dos poemas e frases que mando a você quase todos os dias, e você meu tesouro corresponde a altura, e muitas vezes muito além de mim, sabe paixão , você é pra mim um vicío tão bom na minha vida que esse vicío jamais quero perder, Eu te amo ontem hoje e amanha, Como eu vi em um filme uma vez, ¨Uma vida ao seu lado pra mim é pouco¨ EU TE AMO, com todas minhas forças Eu te Amo!!!!!!Beijos do seu Ricardo...

Ricardo A de Estefani

Aquilo que na vida tem sentido, mesmo sendo qualquer coisa de mínimo, prima sobre algo de grande, porém isento de sentido

Carl Gustav Jung

As vezes paro, penso, reflito sobre minha vida, imagino ela de algumas formas...

Uma forma seria um nada, em que eu sozinho, em um local escuro, sem aliceces, sem chão, sem caminho, sem volta, sem destino, como se seus olhos estivessem vendados...

Outra forma,seria uma criança em uma cena de filme, em que tem um grande jardim e um balanço no meio dele... e aquela pequena pessoa a pular de felicidade, incansavelmente, em que as borboletas voam como se estivessem dançando valsa, e os pássaros a beber água no chafariz logo ali do lado...

Isso acontece quando se tem ódio, e quando se tem amor...

Sempre corra atrás do vento, mas ele nunca trará respostas, e sim o "fim do caminho" será a resposta.

O seu futuro sempre está a frente da ponta do seu dedo.

Gleison Tiago

Conforme a vida foi passando, eu comecei a aprender mais e mais sobre minhas responsabilidades.
Comecei a perceber que tudo aquilo que eu fazia atingia as pessoas ao meu redor, foi ai que eu percebi que mudar seria o melhor a fazer, então resolvi aproveitar meu tempo pra me desculpar pelas coisas que eu disse e principalmente pelas que eu fiz.
Desculpe-me se não pude estar presente nos melhores momentos de sua vida.
Hoje eu percebo que você e realmente a razão da minha vida.
O que não quer dizer que você não tenha sido importante pra mim no passado, mais e que só hoje eu pude perceber tudo de errado que eu fiz e consegui traduzir meus pensamentos soltos em palavras.
Desculpe-me por tudo que você queria que eu fosse e eu não fui. Por tudo que você não queria que eu fosse e eu fui. Mais me desculpe principalmente por não ter sido o melhor na sua vida, se na minha você foi o melhor de tudo!

Monique Carvalho

É assim todo o dia
O sol clareia brando
A lua suaviza meu pranto
Medito sobre minha vida vazia

Lágrimas de suplício
Lágrimas geladas...
Lágrimas desperdiçadas...
Tentando aliviar meu martírio

E eu odeio tudo isso
Odeio sentir essa tortura
Ser seguida por essa amargura
Até já tentei suicídio

Minha lamúria
Meu terror que queima minha alma
Minha mortificação que não me deixa ter calma
Minha eterna fúria

Lágrimas...
Lágrimas de dor
Lágrimas sem amor
Mágoas...

Tentei me afogar
Nessa lamentação inútil
Nesse lamento fútil
Na bruma que disfarça o mar

Mas isso não me protegeu
Só me trouxe mais aflição
Só trouxe minha crucificação
Mas isso não me abateu

Pois, assim como eu
Nesse mundo profano
Sufocado nesse desejo insano
Muita gente morreu...

Nessa imortal depressão...

rodrigo of filth

Em leito de penas não se alcança a fama nem sobre as cobertas; Quem a vida consome sem a fama, não deixa de si nenhum vestígio sobre a terra, qual fumo no ar e espuma na água.

Dante Alighieri

Entorpecida minha mente alivia-me e eu vejo muito mais sobre as coisas da vida do que uma simples sucessão de dias

Paulo Morete

Mostra- me como faz a vida
Deleita-te, sobre meu corpo
Mais mostre- me, como se faz a vida.
Cantas pra mim, quero vê- lo sorrir
Só pra mim viajar nas letras da música
E quem sabe, sorri.

Não me force falar, o silêncio que predominar
Não force a caminhar, por que meus pés, não querem andar
Não me force a sorri, por que hoje só quero chorar
Ver que durante todo tempo esteve só
É esfaquiar um coração que se está dentro
É esfaquiar seu proprio coração

HelizaneFernandes

Não deixe aquilo que é urgente tomar o lugar daquilo que é importante em sua vida.
Charles H. Spurgeon

C.H.Spurgeon

Não posso dizer que fracassei sobre as fases conturbadas que passei em minha vida.
Mas posso dizer que muito aprendi com meus meus erros e,prometi a mim mesmo não mais errar.

denis

Nenhum homem que tenha vivido conhece mais sobre a vida depois da morte que eu ou você. Toda religião simplesmente desenvolveu-se com base no medo, ganância, imaginação e poesia.

Edgar Allan Poe

Nós pensamos que a vida não tem nanhum significado...Pois e ai que nos enganamos sobre uma coisa que nem vivemos direito

Janio

O vento do meu espírito soprou sobre a vida.
E tudo o que era efêmero se desfez.
e só ficastes tu que és eterno.

Cecília Meireles

Os Seres

Ah o que realmente tem valor nessa vida.??

Hoje eu estava pensado sobre isso, na verdade estava um tanto revoltada, com essa aglomeração de Seres vazios que me rodeia… andróides omissos….

Esses Seres vazios que tentam incansavelmente se preencherem de apenas uma coisa, ego!

Acontece que esse vazio nunca será preenchido com companhias de corpos perfeitos, tampouco com o carro mais caro, a roupa de grife… nada disso adianta, tudo isso não passa de maquiagem, que esconde a tristeza do rosto, a tristeza mais triste que a dos Retirantes de Portinari, esconde a pobreza dos corações, a futilidade enraizada.

Tudo que o dinheiro compra se acaba, e no final o Ser se encontra vazio e sozinho…

É imensurável o valor de um afago, de um beijo, um abraço, o sorriso sincero de uma criança, e o que realmente importa nessa vida são as coisas que a gente acha que são simples, pequenas ou baratas demais, como: tocar violão sabendo apenas três acordes, cantar desafinado, dançar (mesmo sem ter estudado dança na Argentina), sair pra andar por aí, comer aquele dog no fim de noite com amigos, usar aquele seu tênis velhinho que é tão confortável…

Quando os Seres converterem sua visão para o lado de fora, verão quão grande o mundo é, e que existe um outro mundo… onde a felicidade estava tão perto, tão fácil, bem ali… e tudo parecia tão glamuroso e caro… mas não, sempre foi simples… mas por parecer simples demais, o Ser sempre a deixava passar!
by Luênia Guedes
http://luenialua.wordpress.com/

Luênia Guedes

Para alguns homens, as ilusões sobre as coisas que lhes interessam são tão necessárias quanto a vida.

Nicolas Chamfort

Posso resumir em três palavras o que aprendi sobre a vida: "a vida continua"!

Robert Frost

Posso resumir tudo o que aprendi sobre a vida em duas palavras: ela termina.

Robert Fost

Reflete sobre a alegria, a felicidade e a bem-aventurança, pois elas abrem os canais da vida interior

A. A. Bailey

Se fazes questão em reflectir sobre o enigma da vida e do universo, vê se te despachas depressa, que a espécie humana qualquer dia acaba.

Vergílio Ferreira

Sentei a beira do lago.
Pra refletir sobre a vida.
Fiquei de cabeça baixa.
Pensando em minha querida
Escutando a natureza.
Eu percebi que ali.
Só havia paz e beleza.
Flores, belos colibris.
E enquanto eu refletia.
Passava o tempo por mim.
Pássaros belos cantavam.
Melodias lindas, sem fim.
E tudo ao meu redor.
Foi ficando colorido.
Já me sentia melhor.
Cheguei triste e casbibaixo.
E quando então dei por mim.
Tristeza foi rio abaixo.
Fui embora para casa.
Pensando naquele dia.
Que somente a natureza.
Devolveu-me a alegria..

denis

Sobre humilhação


Durante uma vida a gente é capaz de sentir de tudo, são inúmeras as sensações que nos invadem, e delas a arte igualmente já se serviu com fartura. Paixão, saudades, culpa, dor-de-cotovelo, remorso, excitação, otimismo, desejo – sabemos reconhecer cada uma destas alegrias e tristezas, não há muita novidade, já vivenciamos um pouco de cada coisa, e o que não foi vivenciado foi ao menos testemunhado através de filmes, novelas, letras de música.

Há um sentimento, no entanto, que não aparece muito, não protagoniza cenas de cinema nem vira versos com freqüência, e quando a gente sente na própria pele, é como se fosse uma visita incômoda. De humilhação que falo.

Há muitas maneiras de uma pessoa se sentir humilhada. A mais comum é aquela em que alguém nos menospreza diretamente, nos reduz, nos coloca no nosso devido lugar - que lugar é este que não permite movimento, travessia?. Geralmente são opressões hierárquicas: patrão-empregado, professor-aluno, adulto-criança. Respeitamos a hierarquia, mas não engolimos a soberba alheia, e este tipo de humilhação só não causa maior estrago porque sabemos que ele é fruto da arrogância, e os arrogantes nada mais são do que pessoas com complexo de inferioridade. Humilham para não se sentirem humilhados.

Mas e quando a humilhação não é fruto da hierarquia, mas de algo muito maior e mais massacrante: o desconhecimento sobre nós mesmos? Tentamos superar uma dor antiga e não conseguimos. Procuramos ficar amigos de quem já amamos e caímos em velhas ciladas armadas pelo coração. Oferecemos nosso corpo e nosso carinho para quem já não precisa nem de um nem de outro. Motivos nobres, mas os resultados são vexatórios.

Nesses casos, não houve maldade, ninguém pretendeu nos desdenhar. Estivemos apenas enfrentando o desconhecido: nós mesmos, nossas fraquezas, nossas emoções mais escondidas, aquelas que julgávamos superadas, para sempre adormecidas, mas que de vez em quando acordam para, impiedosas, nos colocar em nosso devido lugar.

Martha Medeiros

SOBRE O AMOR, ROSAS E ESPINHOS...

Amor que é amor dura a vida inteira. Se não durou é porque nunca foi amor.

O amor resiste à distância, ao silêncio das separações e até às traições. Sem perdão não há amor. Diga-me quem você mais perdoou na vida, e eu então saberei dizer quem você mais amou.

O amor é equação onde prevalece a multiplicação do perdão. Você o percebe no momento em que o outro fez tudo errado, e mesmo assim você olha nos olhos dele e diz: "Mesmo fazendo tudo errado eu não sei viver sem você. Eu não posso ser nem a metade do que sou se você não estiver por perto."

O amor nos possibilita enxergar lugares do nosso coração que sozinhos jamais poderíamos enxergar.

O poeta soube traduzir bem quando disse: "Se eu não te amasse tanto assim, talvez perdesse os sonhos dentro de mim e vivesse na escuridão. Se eu não te amasse tanto assim talvez não visse flores por onde eu vi, dentro do meu coração!"

Bonito isso. Enxergar sonhos que antes eu não saberia ver sozinho. Enxergar só porque o outro me emprestou os olhos , socorreu-me em minha cegueira. Eu possuia e não sabia. O outro me apontou, me deu a chave, me entregou a senha.

Coisas que Jesus fazia o tempo todo. Apontava jardins secretos em aparentes desertos.

Na aridez do coração de Madalena, Jesus encontrou orquídeas preciosas. Fez vê-las e chamou a atenção para a necessidade de cultivá-las.

Fico pensando que evangelizar talvez seja isso: descobrir jardins em lugares que consideramos impróprios.

Os jardineiros sabem disso. Amam as flores e por isso cuidam de cada detalhe, porque sabem que não há amor fora da experiência do cuidado. A cada dia, o jardineiro perdoa as suas roseiras. Sabe identificar que a ausência de flores não significa a morte absoluta, mas o repouso do preparo. Quem não souber viver o silêncio da preparação não terá o que florir depois...

Precisamos aprender isso. Olhar para aquele que nos magoou, e descobrir que as roseiras não dão flores fora do tempo, nem tampouco fora do cultivo.

Se não há flores, talvez seja porque ainda não tenha chegado a hora de florir. Cada roseira tem seu estatuto, suas regras...

Se não há flores, talvez seja porque até então ninguém tenha dado a atenção necessária para o cultivo daquela roseira.

A vida requer cuidado. Os amores também. Flores e espinhos são belezas que se dão juntas. Não queira uma só. Elas não sabem viver sozinhas...

Quem quiser levar a rosa para sua vida, terá que saber que com ela vão inúmeros espinhos.

Mas não se preocupe. A beleza da rosa vale o incômodo dos espinhos...

Pe. Fábio de Melo

SOBRE O AMOR, ROSAS E ESPINHOS...

Amor que é amor dura a vida inteira. Se não durou é porque nunca foi amor.

O amor resiste à distância, ao silêncio das separações e até às traições. Sem perdão não há amor. Diga-me quem você mais perdoou na vida, e eu então saberei dizer quem você mais amou.

O amor é equação onde prevalece a multiplicação do perdão. Você o percebe no momento em que o outro fez tudo errado, e mesmo assim você olha nos olhos dele e diz: "Mesmo fazendo tudo errado eu não sei viver sem você. Eu não posso ser nem a metade do que sou se você não estiver por perto."

O amor nos possibilita enxergar lugares do nosso coração que sozinhos jamais poderíamos enxergar.

O poeta soube traduzir bem quando disse: "Se eu não te amasse tanto assim, talvez perdesse os sonhos dentro de mim e vivesse na escuridão. Se eu não te amasse tanto assim talvez não visse flores por onde eu vi, dentro do meu coração!"

Bonito isso. Enxergar sonhos que antes eu não saberia ver sozinho. Enxergar só porque o outro me emprestou os olhos , socorreu-me em minha cegueira. Eu possuia e não sabia. O outro me apontou, me deu a chave, me entregou a senha.

Coisas que Jesus fazia o tempo todo. Apontava jardins secretos em aparentes desertos.

Na aridez do coração de Madalena, Jesus encontrou orquídeas preciosas. Fez vê-las e chamou a atenção para a necessidade de cultivá-las.

Fico pensando que evangelizar talvez seja isso: descobrir jardins em lugares que consideramos impróprios.

Os jardineiros sabem disso. Amam as flores e por isso cuidam de cada detalhe, porque sabem que não há amor fora da experiência do cuidado. A cada dia, o jardineiro perdoa as suas roseiras. Sabe identificar que a ausência de flores não significa a morte absoluta, mas o repouso do preparo. Quem não souber viver o silêncio da preparação não terá o que florir depois...

Precisamos aprender isso. Olhar para aquele que nos magoou, e descobrir que as roseiras não dão flores fora do tempo, nem tampouco fora do cultivo.

Se não há flores, talvez seja porque ainda não tenha chegado a hora de florir. Cada roseira tem seu estatuto, suas regras...

Se não há flores, talvez seja porque até então ninguém tenha dado a atenção necessária para o cultivo daquela roseira.

A vida requer cuidado. Os amores também. Flores e espinhos são belezas que se dão juntas. Não queira uma só. Elas não sabem viver sozinhas...

Quem quiser levar a rosa para sua vida, terá que saber que com ela vão inúmeros espinhos.

Mas não se preocupe. A beleza da roza vale o incômodo dos espinhos... ou não.

Pe. Fábio de Melo


Contato Politica de Privacidade Datas Comemorativas Facebook Twitter Google+