POESIAS DA CORA carolina

> POESIAS DA CORA carolina



Encontrados 172 pensamentos de POESIAS DA CORA carolina

JÁ AMEI D++ JA SOFRIE BASTANTE AGORA TE ODEIO E QUERO DISTÃCIA!!!PENA Q VC Q ASSIM MAIS POSSO FAZER OQ?

TE AMO TE AMO TE AMO TE AMO D+++ E VC SABE DISSO!!!!

CAROLINA

Espera aí!
Nem vem com essa história
Eu nem quero ouvir
Não dá pra te esquecer agora
Como assim?
'Cê disse que me amava tanto ontem
Eu juro que ouvi

Calma aí!
Que diabo você tá dizendo agora?
Que onda é essa de outro lance pra viver?
Você nem pode tá falando sério...
Vivi pra você
Morri pra você

Pois então vai!
A porta esteve aberta o tempo todo
Sai!
Quem tá lhe segurando?
Você sabe voar

Pois então vai!
A porta na verdade nem existe
Sai!
O que está esperando?
Você sabe voar

Então tá bom!
É, senta e conta logo tudo devagar
Não minta, não me faça, suportar
Você caindo nesse abismo enorme
Tão fora de mim

Tá legal!
É, e eu faço o quê com a nossa vida genial?
'Cê vai viver pra outra vida e eu fico aqui
Na vida que ficou em minha vida
Tão perto de mim
Tão longe de mim

Ana Carolina

Espera aí,
Nem vem com essa história
Eu nem quero ouvir
Não dá pra te esquecer agora
Como assim?
Você disse que me amava tanto ontem
Eu juro que ouvi
Calma aí!
Que diabo você tá dizendo agora?
Que onda é essa de outro lance pra viver?
Você nem pode tá falando sério
Vivi pra você
Morri pra você
Pois então vai
A porta esteve aberta o tempo todo, sai
O que está esperando? Você sabe voar
Então tá bom
É, senta e conta logo tudo devagar
Não minta, não me faça suportar
Você caindo nesse abismo enorme
Tão fora de mim
Tá legal
É, e eu faço o quê com a nossa vida genial?
Cê vai viver pra outra vida
E eu fico aqui
Na vida que ficou em minha vida
Tão perto de mim
Tão longe de mim
Pois então vai, a porta esteve aberta o tempo todo
Sai! Quem tá lhe segurando? Você sabe voar
Mas se quiser, vai
A porta na verdade nem existe, sai
O que está esperando? Você sabe voar De volta pra mim
De volta pra mim...

Ana Carolina

Eu e você
Não é assim tão complicado
Não é difícil perceber

Quem de nós dois
Vai dizer que é impossível
O amor acontecer

Se eu disser que já nem sinto nada
Que a estrada sem você é mais segura
Eu sei você vai rir da minha cara
Eu já conheço o teu sorriso, leio teu olhar
Teu sorriso é só disfarce
Que eu já nem preciso

Sinto dizer
Que amo mesmo,
Tá ruim pra disfarçar

Entre nós dois
Não cabe mais nenhum segredo
Além do que já combinamos

No vão das coisas que a gente disse
Não cabe mais sermos somente amigos
E quando eu falo que eu já nem quero
A frase fica pelo avesso
Meio na contra-mão
E quando finjo que esqueço
Eu não esqueci nada

E cada vez que eu fujo, eu me aproximo mais
E te perder de vista assim é ruim demais
E é por isso que atravesso o teu futuro
E faço das lembranças um lugar seguro

Não é que eu queira reviver nenhum passado
Nem revirar um sentimento revirado
Mas toda vez que eu procuro uma saída
Acabo entrando sem querer na tua vida

Eu procurei
Qualquer desculpa
Pra não te encarar

Para não dizer
De novo e sempre a mesma coisa
Falar só por falar

Que eu já não tô nem aí pra essa conversa
Que a história de nós dois não me interessa
Se eu tento esconder meias verdades
Você conhece o meu sorriso
Lê no meu olhar
Meu sorriso é só disfarce
Porque eu já nem preciso

E cada vez que eu fujo, eu me aproximo mais
E te perder de vista assim é ruim demais
E é por isso que atravesso o teu futuro
E faço das lembranças um lugar seguro

Não é que eu queira reviver nenhum passado
Nem revirar um sentimento revirado
Mas toda vez que eu procuro uma saída
Acabo entrando sem querer na tua vida


----------------

Ana Carolina

Juro que se eu pudesse voltaria no tempo só pra descobrir, de novo, como é gostar de você

Ana Carolina

Lindo demais
Coração é terra que ninguém vê.

Cora Coralina

Meu Destino.

Nas palmas de tuas mãos
leio as linhas da minha vida.

Linhas cruzadas, sinuosas,
interferindo no teu destino.

Não te procurei, não me procurastes –
íamos sozinhos por estradas diferentes.

Indiferentes, cruzamos
Passavas com o fardo da vida...

Corri ao teu encontro.
Sorri. Falamos.

Esse dia foi marcado
com a pedra branca da cabeça de um peixe.

E, desde então, caminhamos
juntos pela vida...

Cora Coralina

Minha esperança é imortal. E eu repito, IMORTAL! Sei que não dá pra mudar o começo, mas se a gente quiser, dá pra mudar o final.

Ana Carolina

Nada do que vivemos tem sentido, se não tocarmos o coração das pessoas

Cora Coralina

Não morre aquele que deixou na terra a melodia de seu cântico na música de seus versos

Cora Coralina

hã cachoeira!!
como seria bom estar com quem amamos num lugar desse, fazendo juras de amor, sem ter a preocupação se um dia vai se realizar suas juras. beijar deixando a agua cair sobre seu rosto e corpo, sem ter a preocupação de um dia no lugar desta agua será sua lagrimas correndo entre seu rosto de saudades

que bom seria poder tocar no ser amado, sem ter a preocupação de um dia isso vira saudades

amar nesta cachoeira, sem te presa de acabar, e sem ter a preocupação, de tudo não passar de um sonho

mas sonhar é bom, faz a gente viver coisas que as vezes nunca vamos conseguir viver........ver as estrelas, o barulhos das aguas, como se ela fosse uma canção aos nossos ouvidos

Carolina Adelaide Antonio do Nascimento

Lindo demais
Coração é terra que ninguém vê

Quis ser um dia, jardineira
de um coração.
Sachei, mondei - nada colhi.
Nasceram espinhos
e nos espinhos me feri.

Quis ser um dia, jardineira
de um coração.
Cavei, plantei.
Na terra ingrata
nada criei.

Semeador da Parábola...
Lancei a boa semente
a gestos largos...
Aves do céu levaram.
Espinhos do chão cobriram.
O resto se perdeu
na terra dura
da ingratidão

Coração é terra que ninguém vê
- diz o ditado.
Plantei, reguei, nada deu, não.
Terra de lagedo, de pedregulho,
- teu coração. Bati na porta de um coração.
Bati. Bati. Nada escutei.
Casa vazia. Porta fechada,
foi que encontrei...

Cora Coralina

não tenho tudo, mais amo tudo q tenho!!!!!!

Ana carolina

no silêncio
concentra ao mundo
minha alma sem
conserto vai mais fundo

Carolina Bonis

Na verdade, as dores nos acompanham desde os nossos primeiros dias de de nossas vidas
Existem vários tipos de dores, dor física, dor por desprezo,angústia, perdas, etc.....
Tanbém causamos dores ás outras pessoas,mas também aprendemos muito com as nossas dores.
Aprendi, com minha dor, que posso amar meus pais, mesmo eles separados.
Aprendi, com minha dor,que posso ter as pessoas que amo,mesmo elas estando longe de mim.
Aprendi que, com a dor que eu passei e superei, eu posso ajudar outras pessoas, que ainda estão passando por elas.
aprendi que a conquista com dor tem mais sabor.
Que a dor faz parte da minha vida, mas vejo-a como uma lição
Não sinto amarga, mas acredito que ela tem um pouco de mel também.
Não hã vitória sem dor, alegria sem dor, faz parte do nossa mala,temos que aprender a usar tudo que hã na nossa bagagem

carolina adelaide antonio do nascimento

O que vale na vida não é o ponto de partida e sim a caminhada, Caminhando e semeando, no fim terás o que colher.

Cora Coralina

O saber a gente aprende com os mestres e os livros. A sabedoria, se aprende é com a vida e com os humildes.

Cora Coralina

O saber se aprende com os mestres. A sabedoria, só com o corriqueiro da vida.

Cora Coralina

O SENTIDO DA VIDA



"Não sei...
se a vida é curta ou longa demais pra nós,
mas sei que nada do que vivemos tem sentido,
se não tocamos o coração das pessoas.
Muitas vezes basta ser:
colo que acolhe,
braço que envolve,
palavra que conforta,
silêncio que respeita,
alegria que contagia,
lágrima que corre,
olhar que acaricia,
desejo que sacia,
amor que promove.

E isso não é coisa de outro mundo,
é o que dá sentido à vida.
É o que faz com que ela não
seja nem curta, nem longa demais,
mas que seja intensa,
verdadeira,
pura...enquanto durar....“

(Cora Coralina)

Cora Coralina

Não vou viver, como alguém que só espera um novo amor
Há outras coisas no caminho onde eu vou
As vezes ando só, trocando passos com a solidão
Momentos que são meus, e que não abro mão
Já sei olhar o rio por onde a vida passa
Sem me precipitar, e nem perder a hora
Escuto no silêncio que há em mim e basta
Outro tempo começou pra mim agora

Vou deixar a rua me levar
Ver a cidade se acender
A lua vai banhar esse lugar
Eu vou lembrar você

É mas tenho ainda muita coisa pra arrumar
Promessas que me fiz e que ainda não cumpri
Palavras me aguardam o tempo exato pra falar
Coisas minhas, talvez você nem queira ouvir
Já sei olhar o rio por onde a vida passa
Sem me precipitar, e nem perder a hora
Escuto no silêncio que há em mim e basta
Outro tempo começou pra mim agora...

Ana Carolina e Totonho Villeroy

O Cântico da Terra

Eu sou a terra, eu sou a vida.
Do meu barro primeiro veio o homem.
De mim veio a mulher e veio o amor.
Veio a árvore, veio a fonte.
Vem o fruto e vem a flor.

Eu sou a fonte original de toda vida.
Sou o chão que se prende à tua casa.
Sou a telha da coberta de teu lar.
A mina constante de teu poço.
Sou a espiga generosa de teu gado
e certeza tranqüila ao teu esforço.
Sou a razão de tua vida.
De mim vieste pela mão do Criador,
e a mim tu voltarás no fim da lida.
Só em mim acharás descanso e Paz.

Eu sou a grande Mãe Universal.
Tua filha, tua noiva e desposada.
A mulher e o ventre que fecundas.
Sou a gleba, a gestação, eu sou o amor.

A ti, ó lavrador, tudo quanto é meu.
Teu arado, tua foice, teu machado.
O berço pequenino de teu filho.
O algodão de tua veste
e o pão de tua casa.

E um dia bem distante
a mim tu voltarás.
E no canteiro materno de meu seio
tranqüilo dormirás.

Plantemos a roça.
Lavremos a gleba.
Cuidemos do ninho,
do gado e da tulha.
Fartura teremos
e donos de sítio
felizes seremos.

Cora Coralina

O valor de uma amizade é sentida só quando perdemos, por isso vamos atrás até te-lá de volta e assim podemos dar o valor que ela merece. Nem sempre somos correspondidos do mesmo jeito, talvez seja porque a palavra amizade já não é mais a correta.

Carolina Melo

Os verdadeiros amigos são como as estrelas no céu. Eles são mais claros nos tempos de escuridão

Ana Carolina

O que fazer se os meus olhos não encontrarão os seus
Se meu coração não sentira o seu,
Se seus abraços não são para meu afago,
E se seus beijos não tocam mais meus líbios,
Se seus pés não caminham em minha direção,
Se nossos mundos se tornaram tão opostos que nem por um furacão se encontrarão.
O que fazer se te amar significa amar em vão
E te querer significa não te ter e ferir meu coração.
O que fazer se te ver em meus sonhos é o máximo que posso chegar,mesmo que meu coração não queira acreditar.
O que fazer se esse amor não tem inicio nem fim.
E a resposta para o que fazer? Não existe porque me esquecendo de vc eu, eu me esqueço de mim

Carolina

POEMINHA AMOROSO

Este é um poema de amor
tão meigo, tão terno, tão teu...
É uma oferenda aos teus momentos
de luta e de brisa e de céu...
E eu,
quero te servir a poesia
numa concha azul do mar
ou numa cesta de flores do campo.
Talvez tu possas entender o meu amor.
Mas se isso não acontecer,
não importa.
Já está declarado e estampado
nas linhas e entrelinhas
deste pequeno poema,
o verso;
o tão famoso e inesperado verso que
te deixará pasmo, surpreso, perplexo...
eu te amo, perdoa-me, eu te amo..."

Cora Coralina


Contato Politica de Privacidade Datas Comemorativas Facebook Twitter Google+