Mazé Carvalho: Inocência Descalços nas ruas andando A ermo sem


pensamento

Inocência

Descalços nas ruas andando
A ermo sem direção
Meninos sem pais, sem rumo
Futuro desta nação.

Sem sonhos nem ilusões
Buscam no lixo a comida
Matando a fome do corpo
Antes que a alma desista

Em meio ao caos total
De um país sem parâmetros
Meninas se prostituem
Em nome de todos os santos!

Maze Carvalho

Contato Politica de Privacidade Datas Comemorativas Facebook Twitter Google+