Sarah Chen: Já tentei ser quem não sou, Já tentei fazer com



Já tentei ser quem não sou,
Já tentei fazer com que os dias fossem melhores,
Já agradeci por um dia que ainda não veio.
Não tenho nenhum direito de reclamar,
Não tenho palavras que possam explicar o que é escrever.
Escrever é minha vida,
Escrever é crescer, aprender, viver,
Escrever é falar palavras que façam sentidos,
Mesmo sendo tão simples e menos eficientes que um gesto.
Um gesto pode fazer as pessoas voaram,
Dependendo do quão importante esse gesto for,
Ele e poderoso e forte, capaz de ser
Lembrado na vida ou na morte.
As palavras podem ferir um coração sensível,
Cortar profundamente um coração,
Machucar sem piedade, sem dó.
Confesso que as mesmas palavras que uso,
São as essas palavras que acabo machucando alguém,
Talvez não porque eu queira,
Mas porque sendo utilizadas na hora errada,
Os estragos sempre chegam.
Pessoas procuram entender pessoas,
Eu tento entender as palavras,
Por mais simples que elas sejam,
Elas fazem sempre farão parte de mim,
Sendo eu mesma ou sendo aquela que
Sempre sonhei ser.
As uniões de letras formam as palavras,
Mostrando o que definitivamente sou,
Ou simplesmente aquela que sempre fui.

Sarah Chen

Contato Politica de Privacidade Datas Comemorativas Facebook Twitter Google+