Frases de Marquês Maricá

> Autores > Marquês Maricá



101 - 125 de 501 pensamentoss de Marquês Maricá

A inveja de muitos anuncia o merecimento de alguns.

Marquês Maricá

É mais útil algumas vezes a extirpação de um erro, que a descoberta de muitas verdades.

Marquês Maricá

A mocidade é temerária; presume muito porque sabe pouco.

Marquês Maricá

O amor-próprio do tolo, quando se exalta, é sempre o mais escandaloso.

Marquês Maricá

Não há coisa mais fácil que vencer os outros homens, nem mais difícil que vencer-nos a nós mesmos.

Marquês Maricá

As desgraças que vigoram os homens probos e virtuosos, enervam e desalentam os maus e viciosos.

Marquês Maricá

Os homens, para não desagradarem aos maus de quem se temem, abandonam muitas vezes os bons, a quem respeitam.

Marquês Maricá

Ambos se enganam, o velho quando louva somente o passado, o moço quando só admira o presente.

Marquês Maricá

A alegria do pobre, ainda que menos durável, é sempre mais intensa que a do rico.

Marquês Maricá

A credulidade e confiança de muitos tolos faz o triunfo de uns poucos velhacos.

Marquês Maricá

Os homens têm querido dar razão de tudo, para dissimular ou encobrir o seu pouco saber.

Marquês Maricá

Em vão procuramos a verdadeira felicidade fora de nós, se não possuímos a sua fonte dentro de nós mesmos.

Marquês Maricá

Os homens em geral ganham muito em não serem perfeitamente conhecidos.

Marquês Maricá

Ninguém considera a sua ventura superior ao seu mérito, mas todos se queixam das injustiças dos homens e da fortuna.

Marquês Maricá

Os velhos erram muitas vezes por demasiadamente prudentes, os moços quase sempre por temerários.

Marquês Maricá

A mocidade é a estação da felicidade sensual, a velhice, a da moral e intelectual.

Marquês Maricá

Há enganos que nos deleitam, como desenganos que nos afligem.

Marquês Maricá

O nosso amor-próprio exalta-se mais na solidão: a sociedade reprime-o pelas contradições que lhe opõe.

Marquês Maricá

Os homens sem mérito algum, brochados de insígnias e de ouro, são comparáveis aos maus livros ricamente encadernados.

Marquês Maricá

Em matérias e opiniões políticas os crimes de um tempo são algumas vezes virtudes em outro.

Marquês Maricá

Aprovamos algumas vezes em público por medo, interesse ou civilidade, o que internamente reprovamos por dever, consciência ou razão.

Marquês Maricá

Deve-se usar da liberdade, como do vinho, com moderação e sobriedade.

Marquês Maricá

Uns homens sobem por leves como os vapores e gases, outros como os projécteis pela força do engenho e dos talentos.

Marquês Maricá

Somos tão avaros em louvar os outros homens, que cada um deles se crê autorizado a louvar-se a si próprio.

Marquês Maricá

O nosso espírito é essencialmente livre, mas o nosso corpo torna-o frequentes vezes escravo.

Marquês Maricá


Contato Politica de Privacidade Datas Comemorativas Facebook Twitter Google+