Frases de Luiz Islo Nantes Teixeira

> Autores > Luiz Islo Nantes Teixeira



1 - 25 de 32 pensamentoss de Luiz Islo Nantes Teixeira

AQUELAS AMIGAS VERDES
(Luiz Islo Nantes Teixeira)

Sentiremos saudades daquelas amigas
De raizes tao produndas
Que as tempestades nao podem arrancar
Aquelas altas e bonitas
Que escondem as lagoas fundas
Onde as cachoeiras vao mergulhar

Sentiremos saudades daqueles frutos
Que tanto os honestos como os corruptos
Podem vir e saborear
Sentiremos saudades daqueles verdes
Que cobrem a terra com seus tapetes
Ate onde os olhos nao podem alcancar

Preservar e viver com mais paixao
Ter ar mais puro para nossos pulmoes
Respeitar diversidade da criacao
Ver o amor crescer em nossos coracoes
Sentiremos saudades das amigas verdes
Onde amarravamos nossas redes
Admirando o Negro e o Solimoes

Sentiremos saudades do fruto maduro
Quando um dia no distante futuro
Ja nao termos nenhuma beleza para admirar
Quando a o solo for seco e bem duro
Derramaremos muitas lagrimas no escuro
Por destruirmos nosso mundo , nosso lar


Sentiremos saudades daquelas amigas
Que como torres erguidas
Abrigam os animais em algum lugar
Aquelas mesmas altas e verdejantes
Onde as serras e cegueira dos ignorantes
So querem desmatar.

© 2008 Islo Nantes Music/Globrazil(ASCAP)
[email protected] or [email protected]
USA - (1) 914-699-0186 - Luiz
http://www.yesportes.com/
http://www.islonantes.com/

Luiz Islo Nantes Teixeira

AS MENINAS

(Luiz Islo Nantes Teixeira)

Sao divinas
As meninas
Que caminham lindas
Derramando os seus charmes pelas avenidas

Trazem seus belos sorrisos
Os amores mais precisos
Os olhares mais bonitos
Que alegram nossas vidas

Elas mudam a cor dos dias
Transforma noites negras em manhas de alegrias
E nos fazem dirigir na contramao

Elas nos fazem sentir-se mais atraentes
Nos dao alegrias diferentes
Nossos sangues ficam mais quentes
E revitalizam o coracao

Sao doces criaturas
Meninas de eternas ternuras
Inesqueciveis aventuras
Elas sabem que sao queridas

Sejam ruivas, loiras, negras ou morenas
Sao todas garotas de Ipanema
Sao belezas serenas
Necessarias em nossas vidas

(C) 2007 Globrazil/Islo Nantes Music(ASCAP)
Emails:[email protected] or [email protected]
Cell:(914)776-4867 - New York

Luiz Islo Nantes Teixeira

FOGO DE ESTOPIM
(Luiz Islo Nantes Teixeira)

Ha paixoes que nascem como labaredas de fogo
E consomem rapidamente os estopins
Causam ciumes nos fieis e cornos
Que os admiram dentro dos botequins

Sao paixoes estranhas e sem escrupulos
Que criam as triangulacoes dos infieis
Cegam a todos e exercitam os musculos
E se entregam e desfalecem nos moteis

Eles fazem amor como nunca fizeram antes
E amaldicoam seus parceiros inocentes
Seus pensamentos sao dos amantes
Seus corpos desejam momentos mais quentes

Mas como todo estopim que se gasta
Este e o unico fogo que apaga por si so
A mesma paixao que cegou da um basta
E a realidade e tao crua que da do

Entao descobrem que a paixao e bandida
E bem oposta do amor que tudo conquista
A paixao que joga como quer com a vida
Destruindo uma relacao que era bem vista

Entao acordam da cegueira da paixao
Para a nova realidade que ja se ajeita
Entao voltam a bater na porta do velho coracao
De alquem que ja nao os aceita

E entao pelo engano descobrem que so o amor segue
Somente o amor constroi
E que toda a dor que causaram a alguem
Hoje os perseguem
E so no peito deles doi

Fogo de estopim
E fogo que se apaga em poucos instantes
Infelizes dos que pensam que sim
Que o amor vigora entre os infieis amantes
© 2008 Islo Nantes Music/Globrazil(ASCAP)
[email protected] or [email protected]
Brazil - (021) 2463-7999 - Claudio
USA (1) 914-699-0186 - Luiz
http://www.yesportes.com/

Luiz Islo Nantes Teixeira

FESTA DA PIZZA
(Luiz Islo Nantes Teixeira)
Baseado no Hino Nacional Brasileiro

Ouviram pela nacao os choros das maes entristecidas
E os pais com seus coracoes nas dores agonizantes
E o mancha da impunidade, em passadas atrevidas
Brilhou no ceu de nossos dias em todos os instantes
Se o temor dessa criminalidade
Sentimo-nos cativos pela mafia forte
Em teu seio , o impunidade,
Sera ferido nosso peito por qualquer tipo de morte

Ó Patria abandonada,
Maltratada,
Chora! Chora!

O Brasil, um pesadelo intenso, um raio apagado
De temor e de desesperanca a terra gira
Se em teu perigoso ceu, tristonho e palido
A imagem do Cruzeiro ja nao brilha
Gigante pela propria natureza
Es duro, es temivel, impavido e perigoso
E o teu futuro espelha um prato de pizza

Terra ensanguentada
Entre outras mil,
Es tu, Brasil
O patria abandonada!
Dos filhos deste solo es cruel e vil
Patria abandonada
Brasil!

Derrubado eternamente em berco de sangue
Ao som de tiros que atravessam o ceu profundo
Criticas, o Brasil, o vilao da America,
Chegam de todo as partes do mundo!
Do que a terra mais sofrida
Teus tristonhos, grandes campos tem tantas dores
Nossos bosques enterram-se a vida
E em nossa vida perdemos nossos amores

Ó Patria abandonada,
Maltratada,
Chora! Chora!

Brasil, da dor da perda seja livre
O braco da justica alcance os culpados
E diga a todo o povo calado e triste
Paz no futuro, e cadeia para os condenados
Mas, se ergues da justica a clava forte
E convoca uma reuniao para uma festa da pizza
O Brasil continuara nesta agonizante morte

Terra ensanguentada
Entre outras mil,
Es tu, Brasil
O patria abandonada!
Dos filhos deste solo es cruel e vil
Patria abandonada
Brasil!

Luiz Islo Nantes Teixeira

ABRA A GAIOLA DESTE PASSARINO(DAS CANCOES PARA CAROLINA)
(Luiz Islo Nantes Teixeira)

Abra a gaiola deste passarinho
O menino
Passarinho nasceu livre
Para voar
Passarinho nao pode ficar preso
O menino
Senao passarinho fica triste
E nao pode cantar

Abra a gaiola deste passarinho
O menino
Abra seu coracao tao duro
E colha a paz
Abra a gaiola deste passarinho
O menino
Para que ele voe alem do muro
E nao chore mais

Temos sanhacos,coleiros,curios
Azuloes,bicudos e cardeais
Bigodinhos,canarinhos,pichochos
Patativas,pintasilgos e brejais

Trinca-ferros, corrupioes ,gaturanos
Tico-ticos, tizis e tangaras dancarinos
Sabias, gambaxiras, xexeus, tucanos
Sairas sete cores, guaxes, ouca menino!

Deixe-os cortar os ceus azuis
E dar razantes nos nossos corpos
Que nao os podem proibir
Os que andam as dezenas
Conhecendo outros portos
Bem distantes daqui
Ou os que voam em pares
Para os altos lugares
Que so nossos olhares
Podem ir

Entao abra……

© 2008 Islo Nantes Music/Globrazil(ASCAP)
[email protected] or [email protected]
Brazil - (021) 2463-7999 - Claudio
USA (1) 914-699-0186 - Luiz
http://www.yesportes.com/

Luiz Islo Nantes Teixeira

A ITALIA NAO E O PAIS DA PIZZA
(Luiz Islo Nantes Teixeira)

Soldado mata jovem inocente em frente de boate
E fica preso menos de um mes numa cadeia da cidade
E a mae chorara a vida inteira a dor de uma saudade
E esta sua dor cruel durara por uma eternidade

Banqueiros e politicos defraudam os cofres do Brasil
Mas suas liberdades estao nos valores de seus taloes bancarios
E os pobres filhos desta “terra adorada entre outras mil”
Sao os unicos que sao confinados nos sistemas carcerarios

E os grandes promotores que nao serviriam num jardim de infancia
Decidem soltar os corruptos por suas proprias autoridades
Insultando o povo com tanta ignorancia

A Italia nao e o pais da pizza, mas o Brasil sim e o que parece
O povo grita por fim da impunidade e mais justica
Mas a tudo acaba em pizza como sempre acontece

© 2008 Islo Nantes Music/Globrazil(ASCAP)
[email protected] or [email protected]
USA - (1) 914-699-0186 - Luiz
http://www.yesportes.com/
http://www.islonantes.com/

Luiz Islo Nantes Teixeira

SONETO DAS MORENAS
(Luiz Islo Nantes Teixeira)

Como sao bonitas as pequenas e altas morenas
Que me amam demais nos meus loucos devaneios
Onde eu as beijo , as coxas os labios e os belos seios
Nas noites de amor , que sao completas e plenas

Ah! O que respondo as morenas de sorrisos delirantes
Que causa-me o impeto imenso de querer segui-las
Segura-las, beija-las, carinhosamente os rostos cativantes
Ou mais tarde quem sabe ir mais alem e possui-las

Falo das morenas famosas que sao grandes atrizes
E das pobres morenas que que vivem no anonimato
Mas sao muito mais lindas e muito mais felizes

Das morenas dos grandes quadros de pintores geniais
E das morenas que so posam para um simples retrato
Mas sao as deusas que me levam as alturas celestiais

© 2007 Globrazil/Islo Nantes Music
[email protected] or [email protected]
Office: (914) 699-0186 or Cell: (914) 776-4867
USA

Luiz Islo Nantes Teixeira

SONETO DA AUSENCIA MAIOR
(Luiz Islo Nantes Teixeira)

Agora me acostumarei com a ausencia ,triste!
Dos toques de teus dedos acariciando o meu corpo
Viverei com meu olhar longe na distancia , morto
Sentindo ,por certo, a angustia mais cruel que existe

Acostumarei com a ausencia dos teus beijos
Que sempre se liberavam no ceu de minha boca
Sua lingua buscando a minha lingua ja quase louca
Que me queimava o corpo de tantos desejos


Agora me acostumarei com as noites mal dormidas
Tendo minha propria sombra como companheira
Que ainda danca nas paredes em formas distorcidas

Se perceber que meu coracao chora amargurado
Sentindo a ausencia de tua presenca verdadeira
Que me deixou completamente despedacado

© 2007 Globrazil/Islo Nantes Music
[email protected] or [email protected]
Office: (914) 699-0186 or Cell: (914) 776-4867
USA

Luiz Islo Nantes Teixeira

A BORBOLETA E A ROSA CAIDA(DAS CANCOES PARA CAROLINA)
(Luiz Islo Nantes Teixeira)

A borboleta colorida
Visitou o meu jardim
Pousou na rosa caida
Bem perto de mim

A rosa ficou feliz
E alegre se levantou
Mas presa pela raiz
Entao ela dancou

E dancou ao vento
Naquele dia
E dancou sem tempo
No tamanho de sua alegria
E a rosa se coloriu
Como a mais bela flor
E assim surgiu
O simbolo de um amor

As outras flores dancaram
Para aquela rosa linda
Outras borboletas vieram
E a pousaram mais ainda

E as borboletas coloridas
Circularam aquelas flores
E nao ha mais rosas caidas
Onde verdadeiros sao os amores

Mas a rosa dancou….

© 2008 Islo Nantes Music/Globrazil(ASCAP)
[email protected] or [email protected]
Brazil - (021) 2463-7999 - Claudio
USA (1) 914-699-0186 - Luiz
http://www.yesportes.com/

Luiz Islo Nantes Teixeira

AQUELA VISAO
(Luiz Islo Nantes Teixeira)

Ao chegar a festa animada
Eu cumprimentei o anfitriao
Corri os olhos pela sala lotada
E la eu tive aquela visao

Sentada do outro lado da sala
Voce mais parecia uma atriz
Confesso que perdi a fala
Que olhos!,que boca!, que labios! ,que nariz!

Meus olhos entraram nos seus, brilhantes
E o tempo me saudou , pela primeira vez
Parando por uns breves instantes
Para eu sentir o bem que teu olhar me fez

Tao Linda
Que voce ofuscava as outras convidadas
Mas o que me interessava mais ainda
Era ser o alvo de suas atencoes e risadas

Que festa divina
Mas divina pelo sorriso que em voce encontrei
Ate o perfume que dominava a cena?
Era o perfume que em voce eu cheirei

Ao chegar a festa animada
Pensei em dancar, beber e sair
Mas encontrei em voce minha adorada
O motivo pro meu coracao ficar e sorrir

© 2008 Islo Nantes Music/Globrazil(ASCAP)
[email protected] or [email protected]
Brazil - (021) 2463-7999 - Claudio
USA (1) 914-699-0186 - Luiz
http://www.yesportes.com/
http://www.islonantes.com/

Luiz Islo Nantes Teixeira

DOIS RIOS
(Luiz Islo Nantes Teixeira)

Eramos como dois rios perdidos
Correndo por caminhos diferentes
Chegando a distantes portos
Levando os miseros mortos
Na furia de nossas enchentes

Expandiamos pelos vales floridos
Cortando os montes em dois
Saltando das altas cachoeiras
E esculpindo nas pedreiras
A estoria que todos leriam depois

E diante de nosso furor
Na nossa briga contra os vendavais
Derrubamos todos os abrigos
Os monumentos mais antigos
E encurralamos os animais

Mas como dois rios perdidos
Convergendo para o mesmo caminho
Nos abracamos no encontro das aguas
E nos entregamos nos beijos da aguas
E acostumamos com o carinho

E agora somos dois rios unidos
Que se tornou um rio bem maior
E para o balanco das ondas do mar
Seguimos aprendendo a se dar
E assim conhecemos o amor

E assim hoje mais tranquilos
Somo dois rios morando no mar
E assim hoje mais unidos
Nao podemos mais nos separar


© 2008 Islo Nantes Music/Globrazil(ASCAP)
[email protected] or [email protected]
Brazil - (021) 2463-7999 - Claudio
USA (1) 914-699-0186 - Luiz
http://www.yesportes.com/
http://www.islonantes.com/

Luiz Islo Nantes Teixeira

TESTANDO AS AGUAS
(Luiz Islo Nantes Teixeira)

Voce esta testando as aguas
Para ver se estao quentes ou frias
Antes de mergulhar
E vive me telefonando com suas magoas
E com as estranhas manias
De me perguntar se posso te aceitar

E eu vou ouvindo suas estorias
Alugando os meus ouvidos
Para as besteiras que voce diz
Se nao me falha a memoria
Voce jurou que vivia triste comigo
Mas porque voce ainda nao esta feliz?

Sera que a culpa era mesmo minha?
Por toda a tristeza que voce sentia?
Por todas as lagrimas que voce chorava?
Ou era algo que voce ja tinha?
Antes do nosso encontro do primeiro dia?
Por outras estradas que voce caminhava?

Quem pode dizer ao certo e Deus
Que conhece bem seu coracao
E foi quem te criou
So posso dizer que recuso os apelos seus
Nao ha chance de nenhuma reuniao
Nao ha mais amor

Voce esta testando as aguas
Para nao se afogar
E quer me arrastar com suas magoas
Para o fundo do seu mar
Mas ja conheco o que se encerra
Na mentira no seu olhar
Quero viver com os pes na terra
Onde voce nao tem lugar

© 2008 Islo Nantes Music/Globrazil(ASCAP)
[email protected] or [email protected]
Brazil - (021) 2463-7999 - Claudio....
USA (1) 914-699-0186 - Luiz....
http://www.yesportes.com/
http://www.islonantes.com/

Luiz Islo Nantes Teixeira

A MISTURA DAS ALMAS
(Luiz Islo Nantes Teixeira)

Sabe, voce bem que poderia misturar sua vida na minha
Assim como se mistura um feijao e arroz
Assim como os cabelos dos amantes
Se trancam mais que os amantes
E saem vadiando e se largando nos lencois

Sabe, voce bem que poderia colar seus labios nos meus
Assim como sao os irmaos siameses
Assim como sao os nossos dentes
Que mais parecem vizinhos contentes
Que vivem agarradinhos meses apos meses

Sabe, voce bem que poderia copiar minhas digitais
Assim como se copia uma pintura
Assim como o sorriso da Mona Lisa
Mas que me perdoe a Mona Lisa
O seu e de maior formosura

E depois voce bem que poderia me dizer
O que voce ganhou desta boa mistura
A nao ser um amor atencioso e puro
A atencao de um homem seguro
De que voce e a unica com que eu me realize
E perduro.

Sabe, voce bem que poderia misturar sua alma na minha
Assim como se mistura os mares
Assim como se mistura as nossas almas gemeas
Na torrente de nossas noites espontaneas
E nos consentimentos gentis de nossos olhares.

© 2008 Islo Nantes Music/Globrazil(ASCAP)
[email protected] or [email protected]
http://www.yesportes.com/

Luiz Islo Nantes Teixeira

SONETO DAS LOIRAS
(Luiz Islo Nantes Teixeira)

Adoro as loiras altas ou baixas, falsas ou verdadeiras
Aquelas acompanhantes discretas e educadas
E aquelas injustamente citadas nas grandes piadas
E nao escondo que as amo a ponto de defende-las

Adoro todas as loiras,mas que sejam brasileiras
Aquelas que pintam os cabelos, tao descuidadas
E esquecem de pintar as raizes, coitadas
Mas que importa este detalhe, se quero te-las

As loiras que sao chamadas de burras, mas adoradas
Simplesmente por serem loiras, lindas e saradas
No meio do julgamento dos ignorantes

Pois querendo ou nao, as loiras sendo feias ou beldades
Com certidoes de loiras, ou falsas e duvidosas idades
Todos as querem como suas amantes

© 2007 Globrazil/Islo Nantes Music
[email protected] or [email protected]
Office: (914) 699-0186 or Cell: (914) 776-4867
USA

Luiz Islo Nantes Teixeira

SONETO DAS BUNDAS
(Luiz Islo Nantes Teixeira)

Admiro muito uma bunda, aquelas duas metades divinas
Sejam loiras, mulatas, negras ou brancas , as bundas favoritas!
Elas sao a melhor parte do traseiro das belas meninas
Que desfilam diante dos meus olhos com suas caras bonitas

Admiro muito uma bunda, mesmo das orgulhosas argentinas
Mas conheco bundas que deveriam ser enxertadas ou esquecidas
As bundas magras, desengoncadas , as chamadas bundas caidas
Que nao vejo nas duas preciosidades que sao as minhas primas

Acaricio e beijo todas as bundas de uma boa distancia
Mas so com os meus olhos e coracao que continua admira-las
Bundas perfeitas para acalmar a minha ansia!

Pois assim fico livre de sofrer um tapao no rosto
De mulheres ofendidas de bundas que quero aperta-las
E desfrutar destas duas metades divinas que tanto gosto

© 2007 Globrazil/Islo Nantes Music
[email protected] or [email protected]
Office: (914) 699-0186 or Cell: (914) 776-4867
USA

Luiz Islo Nantes Teixeira

PRINCESA CAROLINA
(Luiz Islo Nantes Teixeira)

So tem uma princesa que pode me comandar
E uma linda perola que ilumina este mundo
Ela e meu universo, minha terra e meu mar
E mora bem no meu coracao, bem fundo

E uma princesinha que tem o sorriso mais bonito
E tem a personalidade mais forte que existe
Ela hipnotiza toda minha alma e espirito
Ela traz a alegria onde tudo e triste

Ela e uma princesa que domina todo meu coracao
E a filha mais linda que um pai possa querer
E e uma paixao maior do que tudo no meu ser

Ela e uma princesa que Deus me presenteou para sempre
Ela e o sol que ilumina o meu mundo todos os dias
Ela e a lua e todas as fontes de minhas maiores alegrias

© 2006 Globrazil Inc/Islo Nantes Music(ASCAP)
Emails: [email protected] or [email protected]
Cell(914)776-4867 - New York - USA

Luiz Islo Nantes Teixeira

POR QUE AS ROSAS SAO TAO LINDAS?
(Luiz Islo Nantes Teixeira)

Por que as rosas sao tao lindas? Hoje estive me perguntando
E cheguei a mais sublime e perfeita conclusao
Sao porque cada uma delas possuem um belo coracao
E sao voces mulheres que passam a vida inteira nos cativando

O que seria de meu coracao sem os teus amores para preenche-lo?
O que seria de minha alma sem os teus sorrisos doces e alegres?
O que seria de meu corpo sem os teus toques de amor cheios de zelos?
O que seria de mim sem os teus perfumes embriagando as nossas peles?

Ah! Se todos os homens soubessem como cultiva-las ,minhas preciosas rosas?
E como trata-las com o amor maior que possa existir neste mundo?
Ah! O mundo seria um imenso jardim de flores mulheres e maravilhosas

E eu as amo por existirem em nossas vidas e em nossos coracoes
E eu as amo por serem tao amigas,lindas,companheiras maravilhsoas
E eu sempre as amarei por me trazerem as melhores e mais sagradas das paixoes

© 2007 Globrazil/Islo Nantes Music
[email protected] or [email protected]
Office: (914) 699-0186 or Cell: (914) 776-4867
USA

Luiz Islo Nantes Teixeira

TU ES UNICA
(Luiz Islo Nantes Teixeira)
Tu es unica e estaras ligada eterna a minha vida
Como uma lembranca de um carinho devastador
Que se instalou em meu coracao tao desinibida
E deixou este imenso e infindavel amor

E este amor vive me perguntando por onde andas?
E o que fazes de tua vida que me interessa tanto?
E em que terras habitas e a quem obedeces ou comandas?
E quem admira o teu sorriso que esconde tanto encanto

Tu es unica e como te amo querida eternamente
Guardando o raio de luz de teus olhos,tao infeliz!
E preencho o vazio com a sombra de tua ausencia

Ai! Que desconforto de senti-la longe de meu amor ardente
E de nao saber se tens cuidado de ti ou se choras ou sorris
Enquanto a saudade fala-me mais de ti em sua louca impaciencia

© 2007 Globrazil/Islo Nantes Music
[email protected] or [email protected]
Office: (914) 699-0186 or Cell: (914) 776-4867
USA

Luiz Islo Nantes Teixeira

UMA MULHER
(Luiz Islo Nantes Teixeira)

Eu quero uma mulher
Que venha de qualquer lugar
Que seja verdadeira
Pode ser santa, pode ser barraqueira
Pode ser brava, pode ser calma
Mas que saiba alegrar minha alma
E queira amar

Eu quero uma mulher
Que mostre que saiba dancar
Que goste de gafieira, pagoda e forrozao
Pode pisar nos meus pes ou abri o salao
Pode ser linda e so pode ser linda
E que sonhe ainda e que sonhe ainda
E queira amar

Eu quero uma mulher
Que saiba sempre se cuidar
E nao so na casa
Mas sempre mantenha a graca
Que toda mulher tem no olhar
Na hora de amar e se entregar
E na hora de beijar.

Eu quero uma mulher
Mas que nao seja uma que todo mundo sonha
A mulher linda e perfeita
Eu quero uma mulher
Com defeitos e qualidade que faz a exata soma
E que seja a mulher, mas a minha eleita

© 2008 Islo Nantes Music/Globrazil(ASCAP)
[email protected] or [email protected]
http://www.yesportes.com/

Luiz Islo Nantes Teixeira

SONETO DAS MINHAS SAUDADES
(Luiz Islo Nantes Teixeira)

Todos sentem saudades diferentes
Os pais sentem saudades dos filhos distantes
Os homens sentem saudades de suas amantes
E as mulheres tambem as sentem, por que nao?

Embora nao possamos segura-las com maos potentes
As sentimos em suas dores pungentes nos coracoes
Daqueles que as cantam em suas poesias e cancoes
E tambem nas bocas dos que mentem, por que entao?

Mas existem as saudades feias e mal chegadas
Aquelas saudades das ex-mulheres iradas
Que so pensam colocar os homens na prisao

Ah! Mas existem as outras saudades boas e bem vindas
Saudades das Sonias, Monicas, Cacildas e Rosalindas
Que nunca deixam,pelo menos, o meu coracao

© 2007 Globrazil/Islo Nantes Music
[email protected] or [email protected]
Office: (914) 699-0186 or Cell: (914) 776-4867
USA

Luiz Islo Nantes Teixeira

SONETO DA FANTASIA
(Luiz Islo Nantes Teixeira)

Quando o escuro da noite cobre os teus passos
Tu segues sem embaracos pela noite vazia
Buscando a esperanca de uma alegria
Buscando prazeres de estranhos abracos

Segue as fantasias de um amor grande
Tentando mostrar alegria nos olhos tristonhos
Talvez procures os rastros de teus sonhos
Que tu perdestes nao sabes onde

E assim tu segues uma sombra invisivel
Desejando ser feliz na tua vida
Uma vida que ja foi linda e invejada

E assim tu desejas este sonho impossivel
Aumentando as magoas de tua alma ferida
Se iludindo em cada madrugada

© 2006 Globrazil Inc/Islo Nantes Music(ASCAP)
Emails: [email protected] or [email protected]
Cell(914)776-4867 - New York - USA

Luiz Islo Nantes Teixeira

SONETO DAS MULATAS
(Luiz Islo Nantes Teixeira)

Beldades do samba que aparecem faceiras,belas e atrevidas
Perolas mulatas que maravilham todos carnavais
Seus requebros e as elegem rainhas das avenidas
Mas onde elas se escondem durante o resto do ano?

Misturas de racas, sorrisos cativantes e seios duros e nus
Parecem sairem de paraisos distantes e irreais
Para enfeiticar os homens e quebrar todos os tabus
No grande desfile das escolas do povo suburbano

Sera que sao perolas negras de apenas quatro dias?
Ou elas se escondem no Brasil meu lindo e imenso pais?
Onde as mulheres ja nascem tao perfeitas!

Ou podemos sonhar acordado nas muitas alegrias?
De apenas um grande desfile na noite feliz?
Onde elas sao nossas rainhas legitamente eleitas!

© 2007 Globrazil/Islo Nantes Music
[email protected] or [email protected]

Luiz Islo Nantes Teixeira

EM NOME DE DEUS
(Luiz Islo Nantes Teixeira)

Em nome de Deus um sapateiro funda uma igreja
De acordo com a sua propria vontade
Confessa que nasceu de novo, mas que beleza!
E prega o evangelho da prosperidade
Por ter recebido alguns chamados
De Deus a suprema divindade
Mas extorque os fieis assalariados

Em nome de Deus os padres pregam o celibato
Mas amam de acordo com suas carnes
Sempre ajudam o povo , mas de fato
Vivem de olhos nos menores de idades
Pois sendo doutores de teologia
Se escondem atras da pedofilia
E esquecem os votos de castidades

Em nome de Deus os outros jogam bombas
Se suicidam sonhando com os altos ceus
Todos os dias ha renovo como ondas
E seguem usando o nome de Deus
Pois sendo todos extremistas
Usam todos os meios de escritas
Usam e abusam do nome de Deus

Em nome de Deus sei que nao devemos julgar
Pois so temos um soberano juiz neste mundo
Mas minha inspiracao divina veio de la
Do coracao que bate la no fundo
Pois tendo um pouco de visao
Sinto tamanha indignacao
Que nao posso calar por um segundo

Em nome de Deus fazemos tantas besteiras
De acordo com nossas vontades
Mentimos por simples e tolas asneiras
Bancamos os Messias pelas cidades
E o que pensa o Altissmo la dos ceus?
Ele anota no caderninho os pecados meus e seus
E nos dar a eternidade

© 2007 Globrazil/Islo Nantes Music(ASCAP)
Office: (914) 699-0186 or Cell:(914) 776-4867 – New York
Emails: [email protected] or [email protected]

Luiz Islo Nantes Teixeira

RESPIRAR
(Luiz Islo Nantes Teixeira)

Tua presenca cora o meu rosto
E meus olhos nao ousam olhar os teus
Converso com os amigos
Olhos pro quadros antigos
E escondo os olhos meus

Procuro fugir de tua presenca
Buscando lugares onde eu desapareca
Bebo um copo de vinho
Fujo para a varanda sozinho
E comeco a contar as estrelas

Mas eis que de repente sinto um respirar
Bem perto de meu pescoco
E sinto o cheiro de teu perfume
Olho a Lua escondendo-se de ciume
E olho teu lindo rosto

Fico ali hipnotizado por uns segundos
Pisando,mas nao sentindo este mundo
Procurando as palavras mais corretas
Mas sem que eu perceba os meus atos
Me entrego aos teus beijos molhados
Sendo observado pelas pessoas indiscretas

Tua presenca incendeia meu coracao
E me vejo com desejo de beijar teus labios
Que alguns sabios juraram que nao eram para mim
E te seguro com as maos tremulas ainda
Te levando comigo para o meu abrigo, linda
Onde podemos ficar a sos, enfim!

© 2008 Islo Nantes Music/Globrazil(ASCAP)
[email protected] or [email protected]
Brazil - (021) 2463-7999 - Claudio
USA (1) 914-699-0186 - Luiz
http://www.yesportes.com/
http://www.islonantes.com/
Luiz Islo Nantes Teixeira

Luiz Islo Nantes Teixeira

BEIJO TEU UMBIGO

(Luiz Islo Nantes Teixeira)

Sonho com uma cama coberta de petalas vermelhas

E o teu corpo rocando no meu sinto o peito pulsar

Duas tacas de vinhos refletindo as estrelas

E um raio de desejo me atraindo para dentro do teu olhar

Beijo os teus labios quentes desabotoando teu vestido

E este deslizando por tuas curvas cai aos nossos pes

Beijo teus ouvidos, teus olhos, nariz louco e embevecido

Acariciando tuas nadegas que ja se descontrolou de vez

Mordo os picos de teus seios nus e arrepediados

Desejando a floresta entre as tuas coxas morenas

Onde moram os carinhos e os suspiros extasiados

Beijo teu umbigo onde eu desejo beber vinho

E chego a tua grutinha do amor para caricias plenas

Mas eis que acordo do sonho e me vejo sozinho

© 2008 Islo Nantes Music/Globrazil(ASCAP)

[email protected] or [email protected]

Brazil - (021) 2463-7999 - Claudio

USA (1) 914-699-0186 - Luiz

Luiz Islo Nantes Teixeira


Contato Politica de Privacidade Datas Comemorativas Facebook Twitter Google+